7 hábitos que têm grandes chances de levar ao divórcio, segundo terapeutas de casais

7 hábitos que têm grandes chances de levar ao divórcio, segundo terapeutas de casais
outubro 16 13:27 2017 Print This Article

Nem sempre grandes brigas, traições e discussões são os principais motivos que levam à separação de casais. Às vezes, pequenas coisas do dia a dia, acumuladas, acabam intoxicando e minando o relacionamento. Confira alguns hábitos que têm grandes chances de resultar em divórcio, segundo conselhos de terapeutas de casais reunidos pelo site Redbook:

Hábitos nocivos à relação

1. “Infidelidade financeira”, ou seja, mentir ou omitir ao parceiro sobre gastos e dívidas e dificuldade em estabelecer metas em comum que envolvem dinheiro são alguns dos costumes que mais provocam a separação amorosa.

2. Mágoas e ressentimentos acumulados e falta de reconhecimento e agradecimento pela contribuição do outro para o bem-estar da casa, segundo os profissionais ouvidos pela reportagem, também pode acabar com uma relação sem que os pares deem conta até ser tarde demais.

3. Reclamar ou mesmo falar mal do parceiro ou parceira pelas costas, fazendo fofocas sobre a própria relação com desconhecidos e até mesmo revelando segredos da intimidade são hábitos que podem contaminar o relacionamento.

4. Manter o foco nos defeitos do parceiro, desejar sempre que ele mudasse completamente ou mesmo mentalizar como seria sua vida sem ele, mesmo quando não colocados às claras, são costumes que destroem o respeito e a afetividade na relação.

5. Outro hábito que aumentam as chances de divórcio é a incapacidade de se colocar no lugar do outro nas situações e nas discussões. A falta de compreensão sobre o que o parceiro sente ou sobre os motivos pelos quais ele age de determinada maneira podem, no futuro, resultar em separação.

6. Ignorar problemas da relação e sempre tentar parecer forte e feliz, quando por dentro você está insatisfeito e até mesmo decepcionado, são hábitos ruins que, além de não fazer com que as dificuldades desapareçam, ainda provocam acúmulo de mágoas e dificuldade do outro em saber o que você realmente sente ou pensa sobre a relação.

7. Casais que brigam constantemente deixam claro que há problemas na relação, mas aqueles que nunca discutem por nada também podem não ser tão felizes quanto parecem. O hábito pode significar completo desinteresse pela relação e falta total de vontade de fazer com que as coisas ruins mudem.

ESCRITO POR PAULO NOBUO

Comentários

  Categories:
view more articles

About Article Author

Ana Moreira
Ana Moreira

View More Articles