Mulher é morta pelo ex-companheiro dentro da viatura da polícia

Mulher é morta pelo ex-companheiro dentro da viatura da polícia
outubro 09 17:17 2017 Print This Article

Laís Andrade Fonceca, de 30 anos, denunciou o homem por ter instalado uma câmera escondida para filmá-la no banheiro

A atendente Laís Andrade Fonceca, de 30 anos, foi assassinada pelo ex-companheiro dentro de uma viatura da Polícia Militar no último sábado (7). O casal era levado até a delegacia de Teófilo Otoni, em Minas Gerais, quando o crime aconteceu.

Os dois eram conduzidos dentro de uma viatura após uma denúncia da vítima, que descobriu que o homem tinha instalado uma câmera dentro do banheiro da casa dela. Laís procurou a polícia por medo que o ex-companheiro pudesse divulgar as imagens ilegais dela e do filho. Ao ser questionado, o agressor disse que instalou os aparelhos porque desconfiava que a mulher estaria em um novo relacionamento.

Eles estavam no mesmo espaço do carro e, quase no fim do trajeto, o homem sacou uma faca e atingiu o pescoço da jovem — que não resistiu e morreu ainda dentro do veículo. Ele também golpeou o próprio pescoço e saltou da viatura. Posteriormente, foi capturado e preso.

Segundo a Polícia Militar ao G1, ao finalizar o boletim de ocorrência, a vítima não teria manifestado interesse em fazer uma representação criminal contra o companheiro, mas mudou de ideia. Os PMs responsáveis pela condução dos dois no mesmo recinto também vão responder a processos de caráter administrativo e penal.

Fonte: Claudia.com

Comentários

  Categories:
view more articles

About Article Author

Ana Moreira
Ana Moreira

View More Articles