4 movimentos simples de automassagem diminuem muito o inchaço das pernas

4 movimentos simples de automassagem diminuem muito o inchaço das pernas
agosto 26 11:57 2017 Print This Article

É através dos gânglios linfáticos que todas as toxinas acumuladas no corpo por causa do estresse, má alimentação e sedentarismo são eliminadas. Se você tem este sistema obstruído, é incapaz de excretar todas as substâncias prejudiciais ao organismo pela urina com tanta eficiência. Assim, acaba retendo líquidos nas células, acumulando gordura e deixando a pele com aparência inchada, irregular e com celulite.

Como fazer uma automassagem linfática

Não há segredo para estimular a drenagem linfática através de automassagem que ajuda a desobstruir os gânglios linfáticos. A seguir, aprenda quatro manobras para fazer em você mesma em casa por, pelo menos, duas vezes por semana.

1. Comece liberando os gânglios linfáticos

Para começar é preciso liberar os gânglios fazendo movimentos circulares com quatro dedos sobre cada um deles por cerca de dois minutos. Os gânglios das pernas ficam atrás dos joelhos, e os das coxas, na região da virilha. Ao tocar, dá para sentir pequenas formas arredondadas sob a pele que, quando estão inchadas, são chamadas de ínguas.

2. Desobstrua para depois “carregar”

Usando um óleo ou creme lubrificante, deslize as mãos ou ponta dos dedos como se encaminhasse o líquido para drenagem. Respeite a direção do sistema linfático, fazendo os movimentos sempre ascendentes para “carregar” o líquido . No caso das pernas, o encaminhamento deve ser sempre para cima, em direção aos joelhos, ou no sentido da virilha.

 

3. Drene o líquido com “bracelete”

Existem alguns tipos de toque usados na drenagem linfática. No uso estético, o mais comum é o bracelete. Ele deve ser feito primeiro tentando abraçar ao máximo das coxas até deslizar para as virilhas, depois colocando as mãos em torno da perna, como uma tornozeleira e arrastando-as para cima em direção aos joelhos, e também dos tornozelos até a virilha .

4. Use um rolo ou cilindro

Recorra à ajuda de um pedaço de bambu, cabo de vassoura ou rolo de macarrão e deslize pela perna devagar fazendo uma leve pressão. Dos tornozelos para atrás dos joelhos e das coxas para as virilhas, nas partes posterior, lateral, interior e exterior das pernas. Repita os movimentos, pelo menos, cinco vezes em cada face.

Veja como as manobras são simples e delicadas:

https://youtu.be/kGbh73hPjAU

ESCRITO POR: CAMILA SILVA

Comentários

  Categories:
view more articles

About Article Author

Ana Moreira
Ana Moreira

View More Articles